Tradução

Mostrando postagens com marcador O Princípio do Relógio do Sol. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador O Princípio do Relógio do Sol. Mostrar todas as postagens

O que é reconhecer o mal

Em 2007, durante um Grande Seminário da Seicho-no-ie recebi várias perguntas interessantes.
Durante a palestra explanei sobre o principio segundo o qual "ESTE MUNDO É MANIFESTAÇÃO DA MENTE".
Fiz algumas perguntas sobre a criminalidade para mostrar como nosso conceito é influenciado pelas informações adquiridas através dos meios de comunicação.
A criminalidade no Japão vem diminuindo desde a II guerra Mundial, porém quase todos os presentes acreditavam no aumento da mesma.... porque será que a maioria tinha essa impressão?
A nossa atenção é voltada para noticias ruins e a mídia não só dá grande destaque as "noticias ruins"como as repete várias vezes e ainda volta indefinidamente ao assunto com informações complementares.
Dessa forma, estamos como que mobilizando toda a sociedade para uma campanha de acontecimento do mal.
A Seicho-no-ie prega o modo de viver de acordo com o PRINCIPIO DO RELÓGIO DE SOL, ou seja não registra o mal.
Afirmamos" não reconhecer a existência do mal , como existência verdadeira".
O ser humano fenomênico tem defeitos e imperfeições mas apontar essas imperfeições e afirmar categoricamente" É por isso que voce não presta"corresponde a declarar que, de fato "A imperfeição fenomênica irá perpetuar-se"

Resumo do Livro: O Principio do Relógio de Sol por Masanobu Taniguchi - Seicho-no-ie









Bem ou mal....continuação




O problema é que essa régua que mede o bem e o mal muitas vezes difere de uma pessoa para outra.


Lembram da situação, citada anteriormente em que o copo tem água pela metade? então.. o que complica é que existem pessoas que vão enxergar o meio copo de água positivamente, enquanto outras vão enxergar negativamente, da mesma forma que a avaliação de uma mesma pessoa possa ser positiva ou negativa, dependendo da sua sede.

BEM OU MAL

BEM OU MAL

BEM OU MAL


Ao fazermos julgamento se algo é bem ou mal, na maioria das vezes o fazemos em relação a determinada situação

O exemplo muito citado é o de um copo com água pela metade.
Algumas pessoas comentam de forma negativa " Só há meio copo de água".
Outras, de forma positiva "Ainda há meio copo de água".
Acabamos fazendo algo semelhante ao julgarmos o bem ou o mal.
Considerando os fatos, podemos entender que o que chamamos de mal não existe com substância,ou antes, é projeção exterior da força de negação(sentimento de rejeição)que surgiu na mente de quem está avaliando.
Sendo assim, à pergunta "Onde está o mal?", podemos responder "Está dentro da mente humana".
Porém esta afirmação, se considerada isoladamente, dá margens a interpretações equivocadas.

O PRODUTO DA MENTE

O tema "bem e mal" é uma questão bastante profunda e complexa,tanto do ponto de vista religioso como filosófico.
O produto da mente não é só o mal, mas todo o universo que chamamos de vida concreta também é igualmente manifestação da mente.


À primeira vista, sentimos que a vida concreta é uma existência objetiva , sólida e difícil de ser alterada.


Mas estudando detalhadamente o processo pelo qual ela se desencadeia, vemos que é um universo transitório, criado pela mente, e passível de mudanças.


Mudando a nossa atitude mental constatamos que a vida concreta que se apresenta á nossa frente pode mudar e nos propiciar muitas descobertas capazes de tocar o coração. 

O PAPEL DO PENSAMENTO NA CRIAÇÃO

Você cria sua experiência de vida física por meio de seus pensamentos. Literalmente,cada pensamento seu gera determinada criação ...

Nossos amigos