E impressionante como ainda hoje vivemos sob certos paradigmas religiosos ... Eu sempre acreditei que o crescimento é libertador , ainda bem... pois esse pensamento me fez ir em busca de estudar , para entender algumas crenças que me foram passadas.
E aí ....pesquisando fiz algumas descobertas:
Por exemplo:

A História revela que os estimulantes e práticos ensinamentos da Bíblia continuaram sendo observados durante os primeiros séculos depois de Cristo. No entanto, logo depois a Religião se secularizou, provocando modificações e divergências nos primitivos ensinamentos de Cristo. Mais tarde, durante a Idade Média, os sistemas feudais asseguraram a fortuna apenas para alguns poucos privilegiados. Naquele tempo, a fim de manter o povo na pobreza e para fazer da privação e da fome uma suposta “virtude cristã”, o ensinamento de “pobreza e penitência” era apresentado às massas como único meio de salvação. Algumas dessas velhas idéias feudais sobre a pobreza como uma virtude espiritual persistem até nossos dias, mas são idéias falsas, feitas pelo homem, e não representam a rica Verdade de Deus para você e para mim.
⇒ Trecho do livro: As Leis Dinâmicas da Prosperidade
Catherine Ponder

A questão é: Quantos de nós continuamos vivendo sob o peso destes paradigmas ? Consciente ou não, em menor ou maior grau, vivemos sob  falsas verdades do que é ser bom.
Eu mesma ...quanto tempo vivi, crendo em alguns conceitos, que me levaram a uma  grande escuridão, até porque o caminho para