VAMOS COMEÇAR O ANO , GARIMPANDO?



Todos temos exatamente o mesmo potencial de transformar o que bem entendermos no Agora!

Somos todos, sem qualquer exceção, dotados da mesma capacidade de permitir ou não nosso alinhamento. Alguns optam pelo alinhamento àquilo que desejam; outros resistem... nem poderia dizer que ficam de fora, pois a Lei da Atração funciona sempre, mas usam o Poder que possuem às avessas.

Se a única coisa que poderia nos diferenciar, é a forma como nossos olhos veem e como nossos corações sentem aquilo que nos cerca por que tanta luta, por que tanta angústia, por que tanto desânimo???

Se eu, tu, ele, nós, vós e eles temos a mais absoluta liberdade de parar por uns instantes e reformular nosso jeito de perceber nossa realidade, por que eu, tu, ele... nos preocuparíamos com seja lá o que for???

E não é necessário mais do que alguns poucos segundos para fazer essa transformação.

Para-se e pensa-se: Eu estou comigo no Agora e estou maravilhosamente bem!


Eu estou comigo no Agora e estou amparado por uma Lei atenta à minha forma usual de sentir!

Eu estou comigo no Agora, minha companhia é extremamente agradável, me basta e me faz um bem enorme!

Digo tudo isso, porque vejo gente boa tentando usar a LdA para fins específicos e bacanas, porém por vias tortas. E a coisa vira uma corrida maluca, enlouquecida, desenfreada.

Comparam-se aos outros o tempo todo. Querem ter o que o outro tem, querem ocupar a posição do outro, querem ser o que o outro é.

O outro é o outro... trata-se de um Universo a parte, isolado e inatingível em sua forma de perceber a si mesmo e a realidade que o cerca.

Por que não largamos os outros de mão, damos uma parada por uns instantes e procuramos explorar o Nosso Universo particular?

Exemplificando...

Quero abundância financeira??? O que o fator dinheiro representa pra mim em termos de bem estar???

Antes de qualquer coisa, não me refiro àquilo que o dinheiro pode comprar. Isso é o que menor importância tem no que se refere ao Poder de Atração. Mas, fundamentalmente, lá dentro de mim, em situação financeira legal, como eu me sentiria?

Cada um teria a sua própria resposta.

Particularmente eu jamais conseguiria atrair um centavo sequer pra minha realidade com meu foco emocional depositado no dinheiro em si.

O sentimento que me move nesse quesito e em muitos outros é a liberdade.

Não vejo riqueza na falta de liberdade; vejo uma jaula... por vezes cercada por barras de ouro, mas ainda assim uma jaula.

Parar e focar naquilo que nos causa prazer; parar e redirecionar nosso foco para aquilo que nos provoca tesão. Largar de mão as preocupações, centrar-se no bem estar... e ter absoluta certeza que estamos sempre amparados por uma Lei que funciona perfeita quando a frequência é a da alegria.

Em termos de Criação Intencional, não temos muito o que buscar do lado de fora. A Alma da gente é igual a uma riquíssima mina de diamantes esperando pra ser explorada.

Uma boa e rápida “garimpada” lá dentro, e os resultados são sempre surpreendentes!

Tim – tim!

Postar um comentário

0 Comentários