Hermetismo

Hermetismoé o estudo e prática da filosofia oculta e da magia, de um tipo associado a escritos atribuídos ao deus HermesTrismegistus, "Hermes Três-Vezes-Grande", uma deidade sincrética que combina aspectos do deus grego Hermes e do deus egípcio Thoth. Estas crenças tiveram influência na sabedoria oculta europeia, em especial desde a Renascença, quando foram reavivadas por figuras como Giordano Bruno e Marsilio Ficino.


 HermesTrismegistus, "Hermes Três-Vezes-Grande"
Hermes Mercurius Trismegistus, contemporâneo de Abraão

A magia hermética

passou por um renascimento no século XIX na Europa Ocidental, onde foi praticada por nomes como os envolvidos na Ordem Hermética do Amanhecer Dourado e Eliphas Lévi. O hermetismo também está associado à alquimia e a astrologia.




Hermes Trismegistus

ou "Hermes Três Vezes Grande", foi um grande sábio das primeiras dinastias egípcias, ele é o pai das artes ocultas, tendo ensinado alquimia, astrologia e filosofia aos seus discípulos. Foi considerado após sua morte como "A Fonte da Sabedoria", viveu por 200 anos, foi possivelmente contemporâneo de Abraão.

Toth deus que simbolizava a lógica organizada do universo
Thoth
Após sua morte, foi adorado pelos egípcios como deus Toth, deus que simbolizava a lógica organizada do universo, relacionado aos ciclos lunares, que expressam a harmonia do universo. Deus do verbo e da sabedoria, foi naturalmente identificado com Hermes. Como o deus da sabedoria o Toth foi atribuido como escritor de uma série de textos sagrados egipcíos os quais descrevem os segredos do universo. 
Hermes o deus mensageiro
Hermes o deus mensageiro

Como todos os deuses egípcios Toth 

inicialmente era adorado localmente, mas depois a adoração a ele espalhou-se por todo o Egito. Uma das localidades de adoração a Toth era na Grande Hermópolis. Com o estabelecimento da dinastia Ptolomaica naquela região Gregos imigraram também para a cidade sagrada de Toth. Desta imigração de Gregos advém a identificação de Hermes com Toth.