Nunca é muito cedo ou muito tarde na vida para começar a aprender a verdade sobre quem tu és e tudo o que tu és capaz de fazer, ser e ter

A carta de Mike Dooley



Nunca é muito cedo ou muito tarde na vida para começar a aprender a verdade sobre quem tu és e tudo o que tu és capaz de fazer, ser e ter. 
Não precisas explicar o que te guiou até aqui hoje para poderes ver todas as possibilidades para o sucesso e felicidade perante ti.
 Ao entenderes como a vida realmente funciona – que é bonita e que tu és poderoso – será mais fácil que nunca realizar as mudanças que procuras. 
O que estás prestes a aprender é que somos todos abençoados e a sorte é o que acontece quando a verdadeira compreensão é seguida por uma ação.


Claro que sempre haverá desafios e contratempos, esses são a forma como crescemos e nos tornamos mais do que quem éramos antes, mas quando surgem situações e desafios difíceis, vêm sempre com presentes.
De todas as coisas que irás aprender, vais descobrir que a ideia mais poderosa de todas é que não tens só o poder de mudar as coisas das quais não gostas na tua vida, bem como tens a responsabilidade de as mudar. E enquanto isso possa ser intimidante no início, significa que a única pessoa que te pode prejudicar és tu mesmo. 
Também verás que és constantemente guiado e amado por um poder maior e sobrenatural, concebido para te ajudar, a partir do momento que decidas ajudar a ti próprio. 
Este poder irá trabalhar através de ti, não para ti. 
Tudo o que precisas fazer é começar com a visualização e pequenos passos, e depois continuas a dar passos, mesmo quando te sentires assustado e sozinho, até mesmo quando parece que não estás a fazer qualquer progresso (ou pior, que esteja a ir no sentido inverso).
 Esses passos, quando combinados com paciência e uma melhor compreensão de quem tu és e de como a vida funciona, são literalmente o que faz os milagres e a magia acontecerem, sem importar quem tu és, onde estiveste ou o que fizeste com a tua vida até agora.

Desejo-te toda a felicidade e Sucesso

De Mike DooleyA CARTA DE MIKE DOOLEY