Nunca faríamos nada que não fizesse nosso coração cantar!...E vocês dizem “mas, essa escolha não parece trazer isso. Essa escolha não faz meu coração cantar, ou, tipo, estar onde estou. Então o que devo fazer?”. E dizemos: daríamos uma volta por aí e esperaríamos por algo que faça nosso coração cantar - e, daí, pularíamos nisso com nossas quatro patas.

[Abraham]