"Para acabar com a aflição"

aflições
A causa da preocupação vem também da sensação de instabilidade.
Isto é, pela ausência do firme sentimento de confiança em Deus.

 O fenômeno é inconstante; e sendo ele resultado da união de causas incognoscíveis, jamais
teremos estabilidade enquanto estivermos confiando no fenômeno. 

A incerteza não desaparecerá até termos a fundamental convicção de que, por mais inconstante que seja o fenômeno (este mundo) existe além do fenômeno a providencia do bondoso Deus que seguramente nos conduzirá para um mundo bem mais feliz. Além disso, o pensamento "terei infelicidade no futuro" tem o poder de concretizar de fato a "infelicidade"; e a crença "com certeza tudo melhorará" tem o poder de melhorar de fato a situação.


Por isso, é aconselhável nunca se preocupar com o futuro e sim mentalizar toda vez que tiver incertezas; "no futuro tudo estará melhor".

Se tem incertezas e preocupações é porque pensa que cada acontecimento é para si uma "sentença decisiva do destino".

 O fato de que o fenômeno é inconstante significa que o mundo fenomenal esta em constante modificação. É incabível considerar qualquer acontecimento como sendo "sentença decisiva".
Cada acontecimento não é uma conclusão, mas o processo para vir algo bem melhor. Qualquer que seja o fenômeno, aparece porque além dele existe a luz.
Mesmo que o cinema esteja apresentando a mais cruel tragédia, aparece isto na tela (mundo fenomenal), porque atrás do filme existe a luz.

É tolice preocupar-se com o futuro como também é tolice afligir-se com o passado. Não terá proveito algum ficar a se lamentar do passado que foi gasto inutilmente ou no qual fracassou. Isso tudo já se foi. Trazer o passado e lamentar-se é uma forma de auto comiseração. 

A alto comiseração é uma espécie de complexo de inferioridade que se compraz ruminando as falhas
do passado. Isso seria o mesmo que mentalizar repetidamente "sou inferior, sou inferior". A pessoa lamenta o fracasso do passado, sem saber que resultado traz isto, mas assim gravando profundamente no seu subconsciente o sentimento de inferioridade e de infelicidade, no futuro estará concretizando-as. Quanto mais infeliz é a pessoa, deve gravar mais fortemente o pensamento "sou feliz", porque sou filho de Deus.



(Revista "Acendedor" - Seicho-no-ie

* * * * *