Bem amada Mãe Aparecida, 

Vós que vigiais todos os passos do nosso amado Brasil deste os primórdios dos tempos, zelai por nós. 

Vós que embalais com tanta paciência, serenidade e amor esta amada terra e seus filhos, zelai por nós. 

Vós que sempre atendestes às súplicas dos humildes de coração, zelai por nós. 

Vós que sempre defendestes as causas dos necessitados e oprimidos, zelai por nós. 

Vós que sempre protegeste nossos índios, nossas matas, nossos rios e nosso solo sagrado, zelai por nós. 

Vós que neste momento, do centro do Planalto Central, irradiais o vosso amor e abençoais esta amada terra e seus habitantes, zelai por nós. 

Bem amada Mãe Aparecida, 

Neste momento de grandes transformações individuais e planetárias, Abri mais uma vez os vossos braços e protegei com vosso Manto de Luz nosso amado país o Brasil, e todo o planeta Terra. 

Que a vossa Luz e o vosso Amor possam ser sentidos no coração e mente de todos os brasileiros, para que todos possam perceber o momento único que estão prestes a vivenciar neste solo sagrado. 

Que o gigante adormecido por vossa mão possa finalmente despertar desse sono de eons e, com toda força e poder acumulados, despontar como exemplo de Sabedoria e Amor a ser seguido por toda a humanidade. 

Que o vosso Amor ajude a despertar todas as almas que se mantiveram adormecidas junto com esta terra de gigantes. 

Assim, à noite de múltiplas estrelas refletida em vosso manto azul de Luz poderá ser vista por toda a humanidade, e na vossa força maior transformar-se em um lindo sol dourado, elevando os corações 
e mentes de todas as formas de vida, na Luz Maior de Deus-Pai-Mãe. 

Bem amada Mãe Aparecida, Rogai para que todas as forças que despertaram com este gigante adormecido 
vislumbrem os novos patamares de Luz, que pulsam e brilham acima do Planalto Central na direção de todos nós, e de todas as formas de vida. 

Bem amada Mãe Aparecida, 

Dai-nos agora vossa bênção óh Mãe querida, Nossa Senhora Aparecida, Dai-nos agora vossa bênção óh Mãe querida, Nossa Senhora Aparecida. 

Amém, Amém, Amém. 

(Canalizada por Jane Ribeiro aos 02/10/98)