Quando afirmamos que o Jisso (Aspecto Verdadeiro) do homem é Deus, não estamos nos referindo a este corpo carnal sujeito à morte.
Devemos compreender que o corpo carnal não é o homem, mas sim o invólucro do homem. 
O corpo carnal foi criado como instrumento de auto-expressão da Vida, que o criou, tecendo os "fios da mente".
 Logo, a forma do corpo pode ser mudada conforme mude a forma de tecer os "fios da mente".
Na "Revelação Divina do Retorno ao Mundo Invisível" está escrito: 
"Teu corpo carnal é uma peça musical executada pelas tuas cordas mentais. 
A idéia de que a Vida se aloja no corpo carnal é um dualismo e não é a Verdade".
 Essas cordas mentais correspondem aos "fios da mente". 
Referindo-nos ao corpo carnal, dizemos "peça musical" executada através das cordas mentais porque o corpo carnal é a concretização das vibrações emitidas pela Vida. 
A Sutra Sagrada KANRO NO HOOU se refere à mesma Verdade com as seguintes palavras: "Associando os fios da mente forma o casulo de carne". Logo, compreende-se que manter a mente sadia é a base para se manter o corpo sadio.


365 ITENS PARA ALCANÇAR O IDEAL - Vol 1
Masaharu Taniguchi