Saudações,







Quantas vezes você já disse, estou estressado/a? Várias não? Uma frase recorrente principalmente nos últimos tempos.

Na verdade o estresse é um evento que acompanha o ser humano desde os primórdios, pois trata-se de um conjunto de operações do organismo que preparam o ser humano para enfrentar a realidade quando esta se apresenta de forma negativa.

O hipotálamo responsável por manter o equilíbrio entre o estresse e o relaxamento, é acionado para que o organismo fique em alerta.

Envia uma mensagem para a glândula hipófise que envia por sua vez, sinais que ativam as glândulas suprarrenais que produzem a adrenalina. A adrenalina cria um estado de prontidão, de alerta. Ao cair no sangue, a adrenalina contrai os vasos sanguineos fazendo o sangue correr mais rápido, daí o aumento das batidas cardíacas e o fluxo de oxigênio no corpo.

O cérebro fica “esperto” para tomar decisões mais rápidas, os músculos mais flexíveis e até mesmo as pupilas dilatam para melhorar a visão assim como o fígado passa a produzir mais glicose gerando mais energia.

Ou seja, o estresse faz parte da vida, do momento de agir, de resolver uma situação. Ele começa a ser mal, quando se prolonga, se repete constantemente.Daí que temos que sempre manter o equilíbrio e para isto, momentos de relaxamento são extremamente importantes para manter este equilíbrio.


Não existe somente mar de rosas, mas também, não pode existir só mar revolto. Sigamos convivendo com o estresse do dia a dia, mas produzindo, nestes mesmos dias, momentos de relaxamento, alegria e contentamento.


Não é difícil... mãos a obra.


Só para registro, informação e reflexão.


Fernando Martins