O AFASTAMENTO NECESSÁRIO


Obviamente, a melhor maneira de evitar a influência negativa de outros é afastar-se,fisicamente, dessa influência quando você percebe a manifestação do “sinal de alerta”.
Mas nem sempre é confortável fazer isso. De qualquer modo, é fundamental que você se distancie mental e emocionalmente e se concentre no pensamento sobre o que deseja, abstendo-se de participar dessa conversa não profícua.
Diante de sua retirada, certas pessoas poderão pensar que você é rude ou deselegante, mas serão certamente aquelas que não compreendem a importância de não controlar pensamentos. Lembre-se, contudo, de que estará criando por omissão, caso ali
permaneça se expondo ao que lhe faz mal, apenas porque lhe parece mais confortável, pois não gostaria de desapontar seus amigos.
Muitas pessoas que vivem ao seu redor não estão no controle deliberado da própria vida,mas sim sob forte influência de outras pessoas. Portanto, não são capazes de tomar uma atitude como essa, de sair de um determinado espaço ou situação que interfiram
negativamente no que desejam.
QUANDO VOÊ ENTRA EM UM NOVO SEGMENTO DE SEU DIA, SE NÃO TOMAR UMA DECISÃO CLARA SOBRE O QUE QUER, CERTAMENTE ESTARÁ À MERCÊ DA  INTERFERÊNCIA, OU MESMO CONFUSÃO,
DOS QUE ESTÃO À SUA VOLTA.
No momento em que você entra em seu automóvel e tem a intenção de dirigir em segurança, você está literalmente se protegendo do que querem outras pessoas, ou mesmo livrando-se da atitude sem foco dos que também conduzem carros, ao seu lado.
Quando você entende realmente a Lei da Atração, sem nenhuma dúvida, percebe muito bem quando atrai alguém para sua experiência de vida. Então você é capaz de perceber
como dois seres humanos que não estão concentrados na própria segurança envolvem-se em um acidente de trânsito. Toma consciência de como as pessoas não atentas à própria saúde dedicam muito tempo a conversa sobre doença, de maneira a trazer essa mazela para a própria vida.
Quando você entende a Lei da Atração, pode captar a razão pela qual cada ladrão é conduzido para sua vítima. Não é por acaso. Nem por acidente. É a Lei da Atração. E quem teme, traz para si exatamente o objeto desse temor. Porque fica voltado para isso.


Quem deseja algo intensamente, atrai o que quer. Quem pensa em determinada coisa ou assunto – por medo de vivenciá-lo – atrai exatamente isso para si.
Portanto, quando você entrar em cada segmento de sua rotina, tome decisões prévias a respeito. Assim, sob a Lei da Atração e do Processo Criativo, você delineará as experiências que deseja viver, afastando as que rejeita, impedindo a concretização delas
– desde que não se concentre nas mesmas. É simples.


EM GERAL, CRIAR POR OMISSÃO ACONTECE PORQUE VOCÊ NÃO ENTENDE O PROCESSO CRIATIVO.
MAS, DE QUALQUER MANEIRA, MESMO QUE VOCÊ O ENTENDA, AINDA ASSIM ESTARÁ SOB A
INFLUÊNCIA DE HÁBITOS CONSOLIDADOS, AQUELES QUE CONDUZEM VOCÊ EXATAMENTE AO OPOSTO DO QUE DESEJA..
Não é possível criar na direção de suas intenções atuais se você mantém atitudes e costumes do passado, justamente porque foram consolidados em outro período de sua vida, quando talvez suas intenções fossem diferentes.
Muitos de seus hábitos estão vinculados a outros seres humanos com os quais compartilha sua vida presente. Você também costuma participar de conversa em que seus interlocutores falam exatamente o oposto do que você deseja para si, mesmo que você agora entenda perfeitamente o poder das palavras. Isso acontece por força do costume. E mesmo se você tiver vontade de se afastar, pelo próprio costume às vezes permanece ali, para evitar de ferir sentimentos alheios, ou porque não quer parecer uma pessoa excêntrica.
Quando você entra em casa, normalmente liga a televisão – num gesto automático – e senta-se diante dela observando tudo o que oferece. Por costume, ouve palavras opostas ao que deseja – atenção! Porque você se integra a essas palavras por meio de seu
PENSAMENTO. Assim, coloca em movimento a criação no sentido do que NÃO deseja.





Do Livro: AChave do Segredo
Abraham Hicks

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!! Deixe aqui o seu comentário, diga o que achou sobre a leitura.Sua participação é muito importante. Obrigada.