O PRINCIPIO DO RELÓGIO DE SOL - MASANOBU TANICUCHI

Esclarecendo no conceito da Seicho-No-Ie: o mal não existe.

A existência do mal , vem sendo tratada desde a antiguidade, como uma das mais importantes questões religiosas ou filosóficas, mas neste livro, pretendo considera-lo sob diferente aspecto.

Estudando principalmente o mecanismo com que nossa mente reconhece algo como mal, pretendo mostrar que muitas vezes o que consideramos mal acaba, dependendo da nossa atitude mental ou condição, deixando de ser mal.
Com isso, desejo transmitir ao leitor que mal não é uma substancia sólida e definitiva, mas sim produto da mente, passível de mudanças, de acordo com a mente das pessoas e condições.
Produto da Mente não é só o mal, mas todo o universo que chamamos de vida concreta também é igualmente
manifestação da mente.
À primeira vista, sentimos que a vida concreta é uma existência objetiva,sólida e difícil de ser alterada.
Mas, estudando pormenorizadamente o processo pelo qual ela se desencadeia, vemos que é um universo transitório, criado pela mente, e passível de mudanças, de acordo com a mente das pessoas e condições.


9 comentários:

  1. Ola! Voce ainda vai postar explicando qual é o principio do relogio de sol? ou vc explicou neste e eu pulei algo?

    ResponderExcluir
  2. Olá Ricardo.... na verdade, ao meu entender,o livro aborda o tempo inteiro, o que é viver sob o Principio do Relógio de Sol, porém como estamos ainda no resumo até a página 28. Ainda temos muito para ler e entendemos o que é este principio!

    ResponderExcluir
  3. OI, eu li o livro inteiro, gostei muito.Tenha mais calma que logo a Sandra vai poder passar mais detalhes de como funciona. "Vamos dizer que o ditado popular serve para todos " (O SOL BRILHA PARA TODOS ) Basta só
    saber fazer proveito dele.
    Um grande abraço, e fiquem com Deus, Muito obrigada, A Paz esta em Você.

    ResponderExcluir
  4. Valeu Ana.....
    Sabe Ricardo..entendo q seria mais ou menos assim.....
    Na hipótese de perdermos o emprego de uma forma inesperado, num primeiro momento ficaríamos "sem chão" mas depois se aprendemos a viver segundo este princípio,nos manteremos calmo e sentimos que algo muito melhor virá!! entende?
    Bjus e tenha uma linda tarde!
    Bjooooooo Anaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  5. Obrigado pelos comentarios.

    O meu ponto é que nao estou vendo relaçao entre o titulo da postagem com o texto. E como nao consegui achar a luz apos os comentarios, deve haver algo que perdi.

    Digo, o principio do relogio de sol diz que o gnómon deve ficar paralelo ao eixo de rotação da Terra, mas o texto fala da Seicho-No-Ie, daí que eu perguntei se você ainda vai explicar o principio do relogio, ou se ja foi dito em postagens anteriores.

    Você falou de um livro que está resumindo. Qual livro?

    Obrigado pela atencao de todos.

    ResponderExcluir
  6. Oi Ricardo.... o nome do livro é o título das postagens, pois estamos estudando o tema.
    O PRINCÍPIO DO RELÓGIO DE SOL-OBRA DE
    MASANOBU TANIGUCHI - SEICHO-NO-IE

    Tenha um lindo Dia!
    Namastê

    ResponderExcluir
  7. "Você já viram um relógio de Sol? Trata-se de um pino fixado perpendicularmente a ele; quando os raios do Sol incidem sobre o pino, a sombra deste projeta-se na superfície do disco, indicando, assim, a hora. Logicamente, sem Sol, não se pode ler as horas nesse relógio. Existem relógios de Sol que trazem a seguinte inscrições em seu disco:
    'Eu registro apenas as horas em que o Sol brilha'
    O homem também pode 'regiastrar apenas as horas em que o Sol brilha' - e eu chamo a isto 'modo de viver segundo os princípios do relógio de Sol'. (TANIGUCHI, Masaharu. A Verdade da Vida, vol. 7)

    ResponderExcluir
  8. boa noite Sandra, li varios artigos de seu blog, muito inteligentes, vou sempre voltar aqui neste blog...Sabe diante de seus conheciemntos como eu deveria orar para conseguir um milagre, uma cura para meu netinho de 5 meses, já rezo noite e dia, com preces do meu coração banhadas em lagrimas, estamos desesperados, vc conhece algum caminho para conseguir uma cura, muito obrigada, abraços....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daniela, fico hiper feliz que tenha gostado do blog e que de alguma maneira ele possa auxilia-la... mas Daniela... o conhecimento não é meu; e sim dos diversos autores que eu estudo e pesquiso e assim publico no blog.
      Dani, gostaria muito que vc me enviasse o seu email, assim poderíamos conversar melhor! Pode ser??
      Fico no aguardo tá?? Fique na Luz!! bjus

      Excluir

Olá!! Deixe aqui o seu comentário, diga o que achou sobre a leitura.Sua participação é muito importante. Obrigada.