Tradução

Selecione o mês - Arquivo

Mostrando postagens com marcador Diversos Autores. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Diversos Autores. Mostrar todas as postagens

A FORÇA DO AMOR


O tipo de amor sobre o qual os maiores pensadores e salvadores do mundo falaram é muito diferente do que a maioria das pessoas entende que o amor é. É muito mais do que amar sua família, amigos e coisas favoritas, pois o amor não é apenas um sentimento; o amor é uma força positiva. O amor não é fraco, tênue ou suave. O amor é a força positiva da vida! O amor é a causa de tudo que é bom e positivo. Não há uma centena de forças diferentes positivas na vida; há apenas uma.
Os grandes poderes da natureza, como a gravidade e o eletro magnetismo, são invisíveis a nossos sentidos, mas seu poder é indiscutível.

A LEI DO AMOR

O universo é regido por leis naturais. Podemos voar num avião porque a aviação trabalha em harmonia com as leis naturais. As leis da física não mudaram para que fossemos capazes de mudar, mas nós encontramos um modo de trabalhar de acordo com as leis naturais, e ao fazer isso podemos voar. Assim como as leis da física regem a aviação, a eletricidade e a gravidade, há uma lei que rege o amor. Para aproveitar a força positiva do amor e mudar sua vida você deve entender a lei do amor, a lei mais poderosa do universo – a lei da atração.

Do maior ao menor – a lei da atração é o que mantém cada estrela no universo e forma cada átomo e molécula. A força da atração do sol mantém os planetas em nosso sistema solar, fazendo com que eles não se colidam no espaço. A força da atração na gravidade mantém você e toda pessoa, animal, planta e mineral na terra. A força da atração pode ser vista em toda a natureza, de uma flor – atraindo abelhas ou uma semente atraindo nutrientes do solo – até todas as criaturas vivas sendo atraídas para suas próprias espécies. A força da atração opera através de todos os animais na terra, peixes no mar, e pássaros no céu, levando-os a se multiplicarem e formarem coletivos, escolas e grupos. A força da atração mantém juntas as células de seu corpo, os materiais de sua casa, e os móveis nos quais você se senta, e mantém seu carro na estrada e a água em seu copo. Cada objeto que você usa é mantido junto pela força da atração.
A Atração é a força que junta pessoas a outras pessoas.
Ela junta pessoas para formarem cidades e nações, grupos, clubes e sociedades, onde elas partilham interesses comuns. É a força que puxa uma pessoa para a ciência e outra para a culinária; ela puxa as pessoas para vários esportes ou para diferentes estilos de música, para certos animais e para os animais de estimação. A Atração é a força que lhe convoca para suas coisas e lugares preferidos, e é a força que lhe chama para sues amigos e para as pessoas que você ama.

TRECHO DO LIVRO: O PODER



O PLANO DE PROSPERIDADE DE 40 DIAS - A EXPLICAÇÃO

A forma e a experiência são apenas efeitos, aparências – e disseram-nos para não julgarmos pelas aparências! “Julgar” alguma coisa significa acreditar nela, assumi-la como verdadeira e concluir que é real. Mas disseram-nos para não fazer isso. Por que? Porque tudo que aparece como um efeito não tem valor próprio; o único atributo que um efeito tem são aqueles que você lhe dá.

Dinheiro é um efeito.

Quando você se concentra no efeito, está esquecendo-se da causa, e quando você esquece a causa, o efeito começa a diminuir. Quando você põe o foco de sua atenção em “conseguir dinheiro”, você está, na verdade, fechando seu suprimento.
O certo é começar, neste exato momento, a parar de acreditar que o dinheiro é sua substância, seu suprimento, seu suporte, sua certeza e sua segurança. O dinheiro não é nada disso, mas Deus é!

Quando você entende e concebe essa verdade, o suprimento flui ininterruptamente numa manifestação abundante e perfeita. Você precisa olhas exclusivamente para Deus como a Fonte e retirar por completo a sua mente dos efeitos externos.
Se você olhar para o seu trabalho, seu empregador, seu esposo ou seus investimentos como se fossem a fonte de seus suprimentos, você estará, na verdade, desconectando-se da Fonte Real. De fato: se você olhar qualquer pessoa, lugar ou condição necessária ao seu suprimento, estará fechando o fluxo. Se der poder a qualquer mortal, mesmo que seja o de ser um canal para o seu suprimento, você estará limitando seus bens.
Você deve pensar sobre dinheiro ou qualquer outro desejo de posse material simplesmente como um símbolo externo do suprimento interno, e a única realidade desse símbolo é a substância que está implícita na manifestação externa.

Traçando o Princípio Da Suficiência Plena

O conceito de suficiência plena foi construído a partir das formas originais de todos os sistemas filosóficos e religiosos existentes até o segundo século d.C., quando teve início a guerra contra o autoconhecimento e a autoconfiança.
Os antigos ensinavam que ter o entendimento de si mesmo equivalia a ter o entendimento de Deus, e que pelo processo de meditação nos é dados o poder de liberar a Energia Divina de dentro de nós e de transmutar a discórdia em harmonia, a ignorância em sabedoria, o medo em amor e a falta em abundância.

Os iniciados eram treinados para conceber a mais alta visão com seu Verdadeiro Mestre Interior – a Fonte de Tudo.
Estudantes dos sagrados mistérios eram, também, instruídos quanto ao uso do inato poder irradiante e magnético no exercício do domínio de si. Por meio do trabalho com a rítmica energia proveniente do Eu Superior, qualquer tipo de bem que fosse necessário para se efetuar uma troca era tido como um instrumento da boa vontade superior, assim como o dinheiro, que nada mais era que um simples sinal da apreciação pelo serviço de alguém, ou mesmo um símbolo de amor e integridade.
Sem entrarmos muito no mérito da questão, um ensinamento, em particular, permaneceu constante durante o processo de iniciático: mente e emoções personificando amor, gentileza e paz eliminam a limitação, de modo que a consciência de um estado pacífico e inofensivo liberte o indivíduo do cativeiro e das restrições do pensamento da raça humana.
Por meio da inspiração e dos ensinamentos de Jesus, os gnósticos (do grego gnosis, que significa conhecimento) continuaram a tradição esotérica e suas escrituras enfatizavam a unicidade entre Deus e o Homem, a Divindade do Indivíduo e o Poder Criativo de cada alma para se elevar acima das limitações.
No Evangelho segundo Tomé, Jesus deixa claro que o homem, ao conhecer sua própria e verdadeira identidade, passa a ter a compreensão de que é Uno com o Pai e enfatiza, então, a verdade que diz ser a consciência que o homem tem da sua Divindade, do seu Ser Crístico, o seu próprio suprimento. Jesus disse: “se não conheceres a ti mesmo, viverás na pobreza, e tu é quem serás a pobreza”.
No ano de 180, d.C., Irenaeus, Bispo de Lyon, atacou o pensamento independente e todo o ensino relativo à unicidade de Deus com o homem, pois acreditava que a consciência espiritual e a união pessoal com Deus acabaria por minar a autoridade dos padres; Para começar, Irenaeus editou os seus Cinco Livros Contra os hereges, seguido por uma lista dos escritos aceitos, para os quais foram escolhidos apenas aqueles cujas palavras apoiassem suas exigências em relação ao dogma estabelecido. O direcionamento da mente no sentido de dentro para fora começava a mudar a partir de então, e o inato poder do indivíduo foi, gradualmente, sendo colocado em uma estrutura exterior, rebaixando-se-lhe a autoridade.

OS PODEROSOS RESULTADOS DA AFIRMAÇÃO

O mais dinâmico poder criativo existente


O poderoso resultado da afirmação: o mais dinâmico poder criativo existente

Um dos papas do início da igreja cristã decidiu, quando ele era somente um garotinho trabalhando nos campos, que iria se tornar Papa de Roma. À medida que ele afirmou isso,

liberou o mais dinâmico poder criativo existente,

que então deu forma às circunstâncias e eventos que fizeram que que esse garoto da fazenda se tornasse Papa, conforme ele tinha dito o que queria.
Um pequeno garoto grego, filho de um fornecedor de frutas, se perguntava como uma criança como ele poderia fazer alguma coisa em sua vida, e ascendeu de filho de um fornecedor de frutas a um amigo de Sócrates.
Um dos primeiros poetas romanos foi filho de um padeiro. Ele elevou seu pensamento tão alto em afirmações de graça que se tornou um grande poeta e autor dramático, e os romanos prestavam a ele a mesma reverência que prestavam aos imperadores.
Havia ainda um escravo grego que era doente e deformado, mas através da afirmação foi retirado do cativeiro da escravidão de um cruel senhor e se tornou uma companhia honrada de nobres e princesas.
O filósofo escocês Thomas Carlyle disse: 

"que se você proclama a liberdade do seu cativeiro, esse cativeiro desaparecerá, e você pode manter seguro a cada momento de graça."

Ele prometeu que através da afirmação voce se livra de doenças. À medida que você continua confirmando as graças, você verá como se relacionará muito melhor com as pessoas que anteriormente pareciam ser difíceis. Conforme você persiste na afirmação, notará que a sua disposição logo melhora e logo você prosperará.

Muitas coisas que anteriormente machucariam você agirão a seu favor.


A oração de afirmação está dentre as formas mais simples e poderosas oferecidas para a humanidade para melhorar e mudar a vida das pessoas!


(Trecho do livro: AS LEIS DINÂMICAS DA ORAÇÃO)

Catherine Ponder



COMUNIQUE-SE CONSIGO MESMO



Eu poderia saber me comunicar em todos os idiomas do mundo. Poderia saber falar idiomas vivos e também aqueles que já se perderam no tempo. Poderia, inclusive, saber me comunicar através de sinais de fumaça...

Mas se eu não for capaz de manter um diálogo aberto, fluente e leve comigo mesmo, todo o meu conhecimento “linguístico” se reduz a nada.

Vejo uma preocupação quase psicótica em se tentar alcançar o próximo; seja por motivos profissionais, ou qualquer outro, a necessidade de convencer o outro, ou outros de que estou certo, de que tenho razão, de que meu “produto” é interessante, de que sou o melhor em seja lá o que for tornou-se algo doentio.

E a minha comunicação comigo mesmo que importância tem na coisa toda???

Isso tudo é muito interessante quando se conhece e se procura manejar a Lei da Atração a nosso favor!

Alguém que se considera um Criador Intencional de Realidades tem o que chamo de autocomunicação como item de primeiríssima necessidade.

Sabemos aqui a bordo que se não temos capacidade de mantermos cem por cento de fluência quando estamos diante de nós mesmos, nossa influência sobre a realidade que nos cerca será sofrível.

Comunicação medíocre com nossa Alma, com nosso Ser Interior significa mediocridade sendo gerada ao nosso redor.

“Bah, Tom... você veio pra cá em plena sexta-feira com tom de livreco de autoajuda, reparou??? E desses comprados na banquinha anexa à pastelaria da rodoviária!”

COMO ESTÁ A SUA COTA BANCÁRIA?

AH!! EU NÃO SEI VOCÊS, MAS COM CERTEZA FIS ISSO SIM.



“Tom, não estou lhe levando um problema; é apenas uma dúvida: como vibrar abundância quando olhamos para o extrato conta bancária e ela está zerada?”

Ok!

E eu te respondo te contando um baita segredo em termos de Lei da Atração. Mas quero que me prometas que não vais contar isto pra ninguém!


Sentimentos criam!

Veja só! Sentimentos, por si só, geram realidades!

Sentimentos criam absolutamente tudo em termos disso que tu chamas de tua realidade. Se o saldo de tua conta bancária zerou, certamente não tinhas o mais remoto conhecimento a respeito disso.

Vamos além???

Antes de acontecer a secura senegalesca da tua conta bancária, tem uma coisa que desertificou primeiro: o gerenciamento de teus sentimentos, pelo menos no quesito abundância.

Abundância, seja em termos de grana ou de qualquer outra coisa que se possa desejar, só acontece quando vinculamos nossos desejos às sensações relacionadas quando nos imaginamos já possuidores daquilo.

Abundância está relacionada à liberdade? Então que te sintas livre antes!

Como fazê-lo olhando para um extrato bancário tão engraçadinho como Chuck, o Boneco Assassino e vendo as contas se acumularem na gaveta da cômoda?

Pois faça um feedbackzinho basicão e olha como fizeste pra chegar na situação atual!

Como te sentiste no dia a dia, no Agora após Agora pra arremessar tuas finanças na merda?

Veja que poder fabuloso que tens!!!

Foste capaz, após uma sequência fabulosa de sentimentos miseráveis em termos de finanças, de fazer tua grana escoar pelo ralo.

O que pode ter havido pra te fazer sentir assim, eu não sei...

Falaram em crises financeiras horrendas no País ao longo do ano inteiro. Acreditaste??? Incorporaste a crise criada por outrem à tua própria existência???

Passaste a aguardar os efeitos da tal crise em tua vida feito uma coitada???

A VERDADE E A LEI


Seu mundo externo, de forma e experiência, é um reflexo de seu mundo interno, de pensamentos e sentimentos.Assim embaixo, tal qual em cima; assim por fora, tal qual por dentro.
Esta é a Lei.

SÓ A PALAVRA VERDADEIRA SE REALIZA

O grande Mestre sempre ligou o poder do ser humano à palavra do próprio ser humano. Ele ensinou certa vez:

«Pedi e dar-se-vos-á... porque todo aquele que pede recebe.» (Mt. 7, 7-8).

Pedir é uma maneira de usar a palavra. Pedido é palavra.
A palavra expressada em forma de pedido acciona o poder divino imanente no indivíduo.
O resultado é infalível: «Dar-se-vos-á.»
Segundo Jesus, não pode haver verdadeiro pedido sem acontecer a resposta correspondente.
A palavra é o poder criador, que contém o poder materializador. Lembrando aquela passagem
do Mestre:
«Se alguém disser a este monte: sai daqui e lança-te ao mar, e se não duvidar em seu coração, mas crer firmemente na realização da sua palavra – há-de acontecer assim mesmo.» (Mc. 11, 23).


Se alguém disser» – aí está a palavra que detona o poder materializador. Numa outra ocasião, afirmou ele:
«Até agora nada pedistes; pedi e recebereis para que a vossa alegria seja completa.»
(Jo. 16, 24).
Novamente, o recebimento é fruto da palavra. Em Mateus, Jesus reafirma a mesma verdade:

«Tudo o que pedirdes com fé, na oração, alcançá-lo-eis.» (21,22).


PALAVRA É PENSAMENTO





A palavra é o botão que acciona o poder criador mental. Sinônimo de pensamento. 
Toda a palavra é ato criador humano-divino.
A realidade do indivíduo é resultado da sua palavra interior.
A palavra e o pensamento manifestam-se por múltiplos métodos, por exemplo pela fala, pelo desejo, pelo vocábulo, pelo clamor, pela mentalização, pela meditação, pela contemplação, pela imaginação, pelo escrito, por fórmula, pelo canto, pelo gesto, assim por diante. Sempre, porém, há-de ser criação mental, que procede do espírito, que é originário de Deus.


Dizer é acontecer. Pedir é receber.
Falar é fazer. Pensar é poder.
A palavra é o veiculo da fé.


O PRINCÍPIO CRIADOR DO MUNDO FOI A PALAVRA



A energia criadora do universo foi desencadeada pela palavra. O poder divino manifestou-se pela palavra.
A palavra divina é una com Deus. Deus é a sua palavra. O ser humano também é a sua palavra.
O poder criador de uma pessoa é exercido pela sua palavra. A palavra contém a energia, a substância e a forma.
Tire o dom da palavra ao ser humano e nada acontecerá na sua vida.



A PALAVRA COMANDA O PODER

A palavra nasce da mente, que é a manifestação do espírito, que é a expressão divina, que é a expansão de Deus.
A palavra humana, pois, tem poder criador, porque toca o divino.
Deus, ou o poder de Deus, manifesta-se no homem pela palavra. Pela palavra você faz todas as coisas; e nada do que você faz pode ser feito sem a palavra.
Os grandes exércitos, nas guerras, movimentaram-se pela palavra de comando; Nova lorque,Rio de Janeiro, Paris e todas as cidades aconteceram pela palavra; qualquer coisa que você tenha na sua casa é resultado da palavra de alguém.
Quer você saiba quer não, porque a sua palavra cria a realidade, ela age sempre, uma vez que necessariamente toca o Poder.
Foi a palavra interior do homem que accionou o botão do foguete espacial, que, por sua vez, explodiu a sua força e esta conduziu-o à lua.
A palavra não é a força, mas acciona a força. Como vem sempre fundida na força que produz o resultado da palavra, no fundo, tanto faz supor uma como outra coisa.
O exercício divino do homem só pode ser efetuado pela palavra.

SÓ A PALAVRA VERDADEIRA SE REALIZA

O grande Mestre sempre ligou o poder do ser humano à palavra do próprio ser humano.
 Ele ensinou certa vez: «Pedi e dar-se-vos-á... porque todo aquele que pede recebe.» (Mt. 7, 7-8).
Pedir é uma maneira de usar a palavra. Pedido é palavra.
A palavra expressada em forma de pedido acciona o poder divino imanente no indivíduo.
O resultado é infalível: «Dar-se-vos-á.»
Segundo Jesus, não pode haver verdadeiro pedido sem acontecer a resposta correspondente.
A palavra é o poder criador, que contém o poder materializador. Lembrando aquela passagem do Mestre:
«Se alguém disser a este monte: sai daqui e lança-te ao mar, e se não duvidar em seu coração, mas crer firmemente na realização da sua palavra – há-de acontecer assim mesmo.» (Mc. 11, 23).
«Se alguém disser» – aí está a palavra que detona o poder materializador.
Numa outra ocasião, afirmou ele: «Até agora nada pedistes; pedi e recebereis para que a vossa alegria seja completa.» (Jo. 16, 24).
Novamente, o recebimento é fruto da palavra. Em Mateus, Jesus reafirma a mesma verdade:
«Tudo o que pedirdes com fé, na oração, alcançá-lo-eis.» (21,22).

A FORÇA INTERIOR

Há inúmeros fatos que demonstram a capacidade humana de accionar uma fantástica força estranha e misteriosa através da mente.
Jesus, por exemplo, acalmou, com a sua palavra, as águas revoltas do Mar da Galileia: as ondas serenaram e os ventos amainaram.
Moisés abriu as águas do Mar Vermelho para que o seu povo passasse a pés enxutos; Josué fez parar o sol para que seu exército conquistasse Jericó durante o dia; o profeta Elias fez chover e deixar de chover, segundo a sua palavra.
Tenho lido muitos fatos de pessoas que, pela fé, suportaram frios insuportáveis, as águas gélidas do oceano, dias perdidos em montanhas, sem alimento.

POSSÍVEL EXPLICAÇÃO



Querer explicar o fenômeno da força desencadeada pela fé parece uma façanha transcendental.
Faz-me lembrar aquela vez em que uma senhora pediu ao inventor Thomas Alva Edison para que lhe explicasse a eletricidade. Respondeu Edison:
«A eletricidade não se explica, minha senhora, usa-se.»
O que importa é usar a força da fé. Ela existe, tem sido empregada por Jesus e por outras pessoas.
Uma explicação plausível vem do facto de que o ser humano tem origem divina. É filho de Deus, feito à imagem e semelhança divina. Dentro da sua dimensão finita, tem capacidade criadora divina.
Deus criou o universo, com as suas galáxias, estrelas, planetas, sol.
Criou a Terra, com as suas montanhas, oceanos, rios, florestas, vales, rochas, praias, vulcões, terramotos, ventos, nuvens, chuvas, calor, gelos polares, desertos.
Depois, criou seres humanos, da sua própria espécie, para continuarem a obra da criação do mundo.
A simples análise dessas descrições da Bíblia fazem concluir que o ser humano é ser divino, com capacidade e poderes divinos. Em segundo lugar, que esses poderes divinos transcendem a dimensão natural e, por isso mesmo, tomam-no superior às forças e energias da natureza, portanto com possibilidade de acuar sobre qualquer estágio da natureza e da matéria, inclusive remover montanhas.

COMO PODEM AS MONTANHAS SER REMOVIDAS


Hoje, ninguém duvida de que a palavra e a fé podem remover montanhas de forma natural. 
Por exemplo, um governante pode dar ordem para que se remova uma montanha. Para cumprirem a sua ordem, milhares de pessoas, com tratores, bombas, explosivos, maquinaria, engenharia, conseguirão transportar a montanha. Se não houvesse a palavra de ordem, a montanha jamais seria deslocada.
Seja como for, ninguém porá em dúvida que aquela montanha foi lançada ao mar pela determinação da palavra. Até por esse tipo de consideração, o ensinamento de Jesus não é tão impossível quanto parece.

O VOO DA ÁGUIA



A águia é a ave que possui a maior longevidade da espécie.
Vive cerca de 70 anos. Mas, para chegar a essa idade, aos 40 anos ela tem que tomar uma difícil decisão.

Quando atinge os 40 anos, ela está com as unhas compridas e flexíveis; por isso  não consegue acarrar as presas das quais se alimenta. O bico alongado e pontiagudo se curva> Apontadas contra o peito estão suas asas, envelhecidas e pesadas em função da grossura das penas, e voar torna-se muito difícil.
Então a águia só tem duas alternativas: morrer.... ou enfrentar um doloroso processo de renovação, que durará 150 dias. Esse processo consiste em voar para o alto de uma montanha e se recolher em um ninho próximo um paredão, onde ela não necessite voar. 
Após encontrar esse lugar, a águia começa a bater com o bico, com o qual irá a seguir arrancar as velhas penas. Só após cinco meses sai par o famoso voo da renovação e para viver então mais 30 anos.
Em nossa vida, muitas vezes, temos de nos resguardar por algum tempo e recomeçar um processo de renovação. 
Para que continuemos a voar um voo de vitória, devemos nos desprender de lembranças, costumes e outras tradições quenos causam dor.

"Então , livres do peso do passado, podemos aproveitar o resultado valioso que uma renovação traz"

Autor desconhecido

VOCÊ NÃO CONTROLA AS CIRCUNSTÂNCIAS

MAS PODE CONTROLAR O SEU EU INTERIOR.



Muitas pessoas, quando se deparem com condições que os fazem sentirem-se mal, simplesmente sentem-se mal. E quando se deparam com condições que os fazem sentirem-se bem, elas apenas sentem-se bem. E então chegam à conclusão que precisam controlar as condições. Por isso fazem leis, policiam tudo e arregimentam todo tipo de gente para impor tais leis porque acreditam que se puderem controlar as condições jamais terão de se deparar novamente com algo que os aborreça. Daí ficam sabendo que um tsunami está a caminho e que não existem leis ou regras ou exércitos que possam pará-lo. Ou que um furação ou um terremoto está a caminho...Em outras palavras, sempre haverá alguma coisa a desafiar sua ideia de que você pode controlar as condições.

Você não pode controlar as circunstâncias. 


Nunca quis controlar as circunstâncias. Quis descobrir o amor incondicional. Quis descobrir uma forma para sentir-se bem, não importando como, porque você tem a facilidade, o poder e a habilidade para focar. Você tem a habilidade de escolher onde vai focalizar sua atenção, portanto você tem a habilidade de oferecer deliberadamente a vibração, portanto você tem a habilidade de escolher como quer sentir-se. Mais isto requer alguma prática.

Ao praticar diariamente, quando alguma coisa acontecer você a sentirá visceralmente em seu corpo. Pode ser alguém que disse ou fez alguma coisa, ou algo que viu na televisão, então imediatamente você para e diz: “Nada é mais importante que eu me sentindo bem. E agora vou fazer o melhor que posso para encontrar um pensamento que me faça sentir melhor.”

Você pode mudar de assunto – é fácil mudar de assunto. Ou pode meditar – aquiete sua mente, coloque seu cérebro em pausa e assim irá sentir-se bem imediatamente. Mas se existem circunstâncias que ficam martelando, situações que surge a todo instante, alguém em sua experiência que está ali todos os dias, ou quase sempre, enfim, se existe alguma coisa acontecendo em sua experiência que consistentemente o faz sentir-se mal, então você precisa trabalhar com a Escala Emocional.

A DIFERENÇA VIBRATÓRIA

A diferença vibratória entre sentir-se esperançoso e assustado é a diferença entre melhorar e não melhorar. É a diferença entre manter esta condição indefinidamente ou larga-la.



Pode ser que suas finanças não estejam boas. Pode ser que tenha mais contas a pagar que ganha para saldá-las. Pode ser que tenha gente perseguindo você ao telefone ou batendo na sua porta. Mas você pode estar nesta condição econômica e sentir-se esperançoso ou amedrontado. E a diferença entre a esperança e o medo é a diferença entre as coisas melhorando ( ou piorando) para você.

Este é um Universo Vibratório e vocês são Seres Vibratórios. Você não ajusta o radio na 630 AM esperando ouvir a 98.6 FM. Você entende que precisa alinhar as frequências e assim o faz. Você não ajusta o rádio na frequência que não quer ouvir e fica teimosamente exigindo que as leis da física mudem para que possa ouvir o que deseja sem que tenham que fazer alguma coisa a respeito.

Você não pode ficar dizendo que as coisas vão mal – e ficar oferecendo uma vibração sobre as coisas indo mal – e estar receptivo para o que deseja ao mesmo tempo.

Faca as pazes cm sua situação atual. E aqui está a parte mais importante: Quando sentir desespero, ou qualquer outra emoção negativa, e buscar um pensamento que faça com que se sinta melhor, o que acontece é que você conscientemente ganha algum controle sobre sua experiência. E amigos, sempre enfatizamos a importância desta conscientização de que você pode fazer alguma coisa a respeito da forma como se sente.

Quando você escolhe um pensamento que o faz sentir-se melhor do que o pensamento que havia escolhido antes, e conscientemente reconhece que tem poder para escolher, e que de fato pode escolher, e que mudou sua frequência vibratória – então não há onde não possa chegar. Desaparece aquela nuvem de desespero, desaparece aquela nuvem de incapacidade de controlar sua própria experiência.

Tudo que quer – seja um objeto material, um estado de ser, um relacionamento, uma circunstância ou um evento – tudo que você já quis ou alguém que conhece já quis não foi por outra razão senão a de achar que vai sentir-se melhor quando conseguir o que deseja. Mas quando você decide que quer sentir-se melhor somente porque decidiu que deseja sentir-se melhor, e que você tem o poder de escolher um pensamento que o faça sentir-se melhor agora, então você está no seu caminho. E não existe onde não possa chegar com esta decisão.

Pessoas bem-intencionadas, às vezes, irão encorajá-lo a sentir bem mais rápido do que você consegue. E a razão que já dissemos isto e estamos repetindo é porque você não pode ajustar o dial do rádio no 630AM e ouvir o que está sendo transmitido no 98.6FM; as frequências não combinam. E se estiver desesperado, com medo ou raiva, você não pode saltar para a alegria; não pode nem sentir uma brisa de alegria. É uma frequência vibratória diferente.

O QUE É TUDO?

TUDO



Jesus conhecia plenamente a força da fé. Se usou a palavra TUDO repetidamente é porque de facto assim é. Tudo é a palavra mais abrangente que se possa imaginar.

Nada escapa à dimensão do tudo. Nem as montanhas. Dentro do tudo está a cura do cancro, da SIDA, da paralisia, da cegueira; a sua casa, o frigorífico, a televisão, a mesa, a cama, os lençóis, o armário, o forno eletrônico, as toalhas, as roupas, os sapatos, os óculos, os remédios, o dinheiro, as viagens, a casa de banho, a garagem, as máquinas, o carro, os alimentos, os objetos, as diversões, o telefone, e o que mais você desejar.
Pergunte-se, neste momento, o que deseja, ou necessita, e tenha a certeza de que está incluído na palavra tudo.
Perceba que Jesus não colocou limitações, do tipo: «algumas coisas que desejardes»; «se for razoável o que pedirdes»; «se aprouver a Deus o que pedirdes», «se tiverdes merecimento para o que estais a pedir», «se for da vontade do Pai»; «se não estiverdes a pedir de mais». Nada disso faz sentido.

Tudo é mesmo tudo.
Jamais passaria pela cabeça do Mestre exagerar o discurso apenas para impressionar os ouvintes. Empregou o vocábulo TUDO porque expressava perfeitamente o conteúdo da sua verdade.
A ciência do Poder da Mente, com todo o seu imenso cortejo de mestres e pensadores, confirma a verdade do Nazareno.
Por diversas vezes Jesus usou a palavra TUDO:

«Quanto ao poder, quem tem fé TUDO pode.» (Mc. 9, 23).
«TUDO que pedirdes com fé, na oração, alcançareis.» (Mt. 21, 22).
«Crede firmemente que recebereis TUDO quanto pedirdes na oração — e ser-vos-á dado.» (Mc. 11, 24).
«TUDO quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.» (Jo. 14, 13).
«Se permanecerdes em mim e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis TUDO quanto quiserdes e vos será dado.» (Jo. 15,7).
«Então o Pai vos concederá TUDO o que pedirdes em meu nome .» (Jo. 15,16).

LAURO TREVISAN

A VIBRAÇÃO DO SIM

Faço questão de começar uma semana que garante ser extraordinária mencionando a personalidade da albanesa Anjezë Gonxhe Bojaxhiu, ou Teresa de Calcutá, porém não sob o enfoque religioso. Quero trazê-la pra bordo de nosso Expresso e deixá-la falar exclusivamente sobre Lei da Atração.

“Jamais me convidem para participar de passeatas contra as guerras; estou fora. Quando resolverem fazer uma dessas manifestações pela paz, podem contar comigo.”

Sensacional! Compreensão perfeita de como a Lei da Atração funciona!

Em um Universo baseado unicamente na inclusão, não existe uma vibração do tipo “Não quero conflito!”... “Não quero ser pobre!”... “Não quero doença!”... “Não desejo me sentir só!” ... “Não quero etc!”...

Ou se vibra na exata frequência daquilo que se quer e apenas nessa frequência, ou estamos vibrando exatamente no oposto, naquilo que não se deseja atrair.

Há exclusivamente inclusão! Debater-se contra algo, portanto, é a mais estúpida das burrices! É fazer gol contra direto! Significa não entender de jeito algum que tudo aquilo a que se resiste, persiste!

Ou largamos os remos e nos deixamos levar pela correnteza da satisfação, fazendo o fluxo de bem-estar atuar em nosso benefício no Agora, ou remaremos contra nós a vida inteira... e quando tivermos juntado um dinheirinho pra curtir a vida já em fase de mijar nas próprias pernas, ouviremos de um médico qualquer: “Tenta embarcar em um avião, e teu coração vai parar no momento em que fecharem as portas!”

“Posso não falar teu idioma, mas sei sorrir.”

TUDO É MESMO TUDO

" TUDO POSSO NAQUELE QUE ME FORTALECE"



Nada escapa à dimensão do tudo. Nem as montanhas. Dentro do tudo está a cura do cancro, da SIDA, da paralisia, da cegueira; a sua casa, o frigorífico, a televisão, a mesa, a cama, os lençóis, o armário, o forno electrónico, as toalhas, as roupas, os sapatos, os óculos, os remédios, o dinheiro, as viagens, a casa de banho, a garagem, as máquinas, o carro, os alimentos, os objetos, as diversões, o telefone, e o que mais você desejar.
Pergunte-se, neste momento, o que deseja, ou necessita, e tenha a certeza de que está incluído na palavra tudo.
Perceba que Jesus não colocou limitações, do tipo: «algumas coisas que desejardes»; «se for razoável o que pedirdes»; «se aprouver a Deus o que pedirdes», «se tiverdes merecimento para o que estais a pedir», «se for da vontade do Pai»; «se não estiverdes a pedir de mais». Nada disso faz sentido.

Tudo é mesmo tudo.
Jamais passaria pela cabeça do Mestre exagerar o discurso apenas para impressionar os ouvintes. Empregou o vocábulo TUDO porque expressava perfeitamente o conteúdo da sua verdade.
A ciência do Poder da Mente, com todo o seu imenso cortejo de mestres e pensadores, confirma a verdade do Nazareno.
Por diversas vezes Jesus usou a palavra TUDO:

«Quanto ao poder, quem tem fé TUDO pode.»  (Mc. 9, 23).

«TUDO que pedirdes com fé, na oração, alcançareis.»     (Mt. 21, 22).

«Crede firmemente que recebereis TUDO quanto pedirdes na oração — e ser-vos-á dado.»    
         (Mc. 11, 24).

«TUDO quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.»              (Jo. 14, 13).

«Se permanecerdes em mim e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis TUDO quanto quiserdes e vos será dado.»    (Jo. 15,7).          
                                                   
«Então o Pai vos concederá TUDO o que pedirdes em meu nome .» (    Jo. 15,16).


LAURO TREVISAN

A FÉ: A MAIOR DESCOBERTA DO UNIVERSO

Até Jesus, não se tem notícia de que algum sábio ou descobridor tenha falado da fé.
Segundo o grande Mestre, tudo o que a mente pode imaginar, criar, conceber, a fé pode realizar.
A fé permite ao ser humano exercer, na mais ampla plenitude, o seu poder criador.
A fé determina o processo pelo qual o poder é desencadeado. A fé é a fórmula infalível do poder humano.
Sempre que existir fé, existirá a realização do poder. Não pode existir fé sem que seja accionado o poder.
Fé: o caminho mais curto entre o pensamento e a realização. «A fé», escreveu o famoso escritor russo Leon Tolstoi «é a força motriz da vida.»

TUDO O QUE PEDIRDES COM FÉ


Certa vez, o Mestre ensinou que «Tudo o que pedirdes, em estado de oração, com fé, alcançareis». (Mt 21,22). Por esta afirmação, Jesus faz diversas revelações fantásticas.
Primeira: O ser humano pode conseguir tudo o que quiser. Qualquer coisa que lhe seja dado criar na mente, pode realizar. Não há nenhum limite a não ser o que a própria pessoa se impõe.
Jesus usou a palavra «TUDO» sem qualquer restrição.
«ESTADO DE ORAÇÃO» compreende momento de profundidade espiritual, concentração, nível alfa, nível mental em que você se torna uno com o seu pensamento e com o Deus imanente.
Com «FÉ» — é a chave do poder. Aqui reside o segredo.«ALCANÇAREIS» — é o resultado final, acabado, total, perfeito, completo

O QUE JESUS FAZIA VOCÊ TAMBÉM PODE FAZER



Certa vez, diante da multidão fascinada, Jesus revelou:
«Aquele que tiver fé, fará as obras que eu faço e fará obras maiores ainda do que essas.» (Jo. 14,12)
Aqui ele começa a desvendar o segredo do seu poder. Noutra ocasião, afirmou:
«Aquele que tiver fé, expulsará os espíritos malignos; falará línguas novas, pegará em serpentes, se beber veneno mortífero não lhe fará mal; imporá as mãos sobre os enfermos e eles ficarão curados.» (Mc 16, 17-18).
Por meio dessa revelação, ensinou que o seu poder não era privilégio apenas seu, mas um dom existente em todo o ser humano
Com a maior clareza, o Mestre apresenta à humanidade a mais estupenda das descobertas.
Disse, com todas as letras, que você, eu, qualquer pessoa, temos o poder de acalmar tempestades, multiplicar alimentos, aplacar a fúria das águas, transformar água em vinho, atrair peixes para uma pesca abundante, fazer aparecer o dinheiro necessário (como ele o fez através da guelra de um peixe); curar lepra, paralisia, cancro e todos os tipos de enfermidade.
Disse também que você tem o poder de transportar montanhas, fazer milagres, tudo alcançar e tomar possível o impossível.

OS TEMPOS SÃO CHEGADOS

Não basta saber que você tudo pode.
Jesus afirmou essa verdade há dois mil anos e tudo continua como dantes no quartel-general em
Abrantes.Perante isso, talvez você me chame pretensioso: se até agora ninguém, ou quase ninguém,
descobriu a fórmula de Jesus para operar milagres, por que seria eu o privilegiado?
Não é que eu seja privilegiado, os tempos é que são chegados.
Jesus sabia que decorreriam séculos até que o homem se desse conta das revelações que fazia.
Disse, diante da humanidade cega e surda: «Tendo olhos não vêem, tendo ouvidos não ouvem.»

A FÉ QUE REMOVE MONTANHAS



COMECE POR DUVIDAR

Se realmente existe a força todo-poderosa que remove montanhas, cura doenças, realiza
milagres e tudo alcança, então é urgente comunicar essa notícia a toda a humanidade.
Se de fato existe esta fé, que torna possível até mesmo o impossível, não há razão para as
pessoas se debaterem em fracassos, angústias, sofrimentos e desgraças.
Jesus, considerado o maior sábio que pisou este planeta, profundo conhecedor do ser humano,
afirmou, com todas as letras, que qualquer pessoa TUDO pode.
 Como se trata de um personagem universalmente conceituado, nada mais inteligente do que queimar pestanas em cima das suas afirmações arrojadíssimas e estudar cientificamente os princípios ou a lei em que se baseia o Mestre para difundir a mais inacreditável descoberta humana.
Está você disposto a entrar fundo nessa questão para ver se é verdade que existe esta força irresistível ou se não passa de retórica de efeito?

DESAFIO PARA SI


Sei que você gosta de desafios e este assunto é o mais fascinante da face da terra.
De um lado, você coloca os seus problemas, os projectos que não se materializaram, os sonhos
doirados que se evaporaram, o amor que se transformou em cinzas, a doença que não encontra
cura, a casa que não se adquiriu, a felicidade que não bateu à sua porta – e, de outro lado,
contrapõe-se a revelação de Jesus, de alguns sábios e da ciência do Poder da Mente, afirmando que
você tem poder de remover qualquer dificuldade e de obter tudo o que desejar.
Nessa posição e contraposição, fica você desejoso de saber quem possui a verdade.
Pois bem, vamos ver se existe a fórmula dessa força todo-poderosa. Se existe, você já vai na
frente ao encontro da vida que pediu a Deus.
Lembre-se: a fortuna ajuda os audazes, como dizia o imperador César.
Quem sabe se neste momento está a começar a mais incrível reviravolta da sua vida.
Em frente, pois

1. NINGUÉM NEGA MAS NINGUÉM ACREDITA

Quando se fala no poder irresistível da fé, muita gente age como aquele homem que respondia
sempre: «Não acredito nem desacredito, muito pelo contrário do reverso.» «Não nego, mas não acredito» – é a atitude de multidões de pessoas que ouvem falar do fantástico poder da fé, batem palmas, mas não passam disso. Exclamam que é bom de mais para ser verdade.
A fé, para muita gente, é como fogo-de-artifício: só serve para encher os olhos.
Existem os cépticos profissionais que, quando se diz que a fé remove montanhas, confessam:
«Não conhecia essa marca de tractor.»Para muitos, a fé é como um banco que só empresta a quem conseguir provar que não precisa de dinheiro.

coloque seu email:

Delivered by FeedBurner